Serviços de água de quatro municípios da Galiza serão analisados no contexto do projeto Aquamundam

A entidade Augas de Galicia vai promover o estudo do ciclo da água de Noia, Ames, Burela e Soutomaior no âmbito do projeto Aquamundam, financiado pelo programa INTERREG V-A Espanha – Portugal. O diagnóstico será centrado na operação e qualidade do serviço, na utilização das infraestruturas e na sua relação com o meio ambiente.

A metodologia projetada no projeto para o diagnóstico do ciclo da água de pequenos e médios municípios será colocada em prática em 12 municípios do espaço do POCTEP.

O projeto Aquamundam realizará, nos próximos meses, o estudo dos sistemas de abastecimento e saneamento dos municípios de Noia, Ames, Burela e Soutomaior. Esta avaliação, promovida pela Augas de Galicia, fornecerá um diagnóstico do estado das infraestruturas existentes e do serviço que prestam, utilizando a metodologia acordada pelos parceiros do projeto, e focada em aspetos como:

  • Meio Ambiente
  • Capacidade de infraestrutura
  • Operação e qualidade dos serviços
  • Eficiência do uso de recursos financeiros

Com a ajuda desses diagnósticos, serão identificados possíveis pontos de melhoria no abastecimento, saneamento e tratamento de águas desses municípios, para os quais os Planos de Melhorias darão contribuições.